Centro de Mangualde associa-se ao Governo Português na estratégia para a Indústria 4.0

No lançamento da estratégia para a Indústria 4.0, o diretor do centro de Mangualde, José Maria Castro Covelo, apresentou ao Primeiro-Ministro Português, o projeto que acelera a transformação industrial e digital da fábrica.

No lançamento da estratégia para a Indústria 4.0, o diretor do centro de Mangualde, José Maria Castro Covelo, apresentou ao Primeiro-Ministro Português, o projeto que acelera a transformação industrial e digital da fábrica.

Em 2015, o centro de Mangualde começou a introduzir no seu processo produtivo os conceitos e tecnologias da Indústria 4.0.

Desde Abril de 2016, associou-se ao Governo, integrando o Comité Estratégico da iniciativa Indústria 4.0 para definir estratégias e identificar soluções para ajudar a colocar Portugal na rota da Quarta Revolução Industrial.

No dia 30 de janeiro, na apresentação desta estratégia, o Secretário de Estado da Indústria salientou como uma das iniciativas mais emblemáticas o projeto de Mangualde.

Esta iniciativa será desenvolvida em consórcio com 3 universidades e 5 parceiros tecnológicos portugueses, assente nos seguintes eixos: sistemas robóticos inteligentes (robôs colaborativos), sistemas avançados de inspeção e rastreabilidade (visão artificial), sistemas autónomos de movimentação, fábrica digital e fábrica do futuro (baixa cadência e alta diversidade).

O projeto está em fase final de aprovação e vai desenvolver tecnologias e soluções que vão configurar o início da transformação inteligente da fábrica, a indústria 4.0. O principal objectivo será aumentar a flexibilidade e competitividade, para receber o novo veículo em condições de ainda mais alta performance industrial.