Polo Industrial Ibérico do Grupo PSA produz 555.000 veículos em 2016

Centro PSA de Mangualde aumenta produção 6,5%

Centro PSA de Mangualde aumenta produção 6,5%

As três fábricas que constituem o Polo Industrial Ibérico do Grupo PSA – Mangualde, em Portugal, e Vigo e Madrid, em Espanha produziram um total de 555 000 veículos e 27 000 elementos em peças separadas em 2016, num crescimento de respetivamente 2,5% e 40%, face aos números de 2015.

São atualmente sete os modelos distintos fabricados nas quatro linhas de produção que compõem o Polo Industrial Ibérico do Grupo PSA: os Citroën Berlingo, C4 Picasso, Grand C4 Picasso, C4 Cactus e C-Elysée e os Peugeot Partner e 301.

O Citroën Berlingo (151 000 unidades) e o Peugeot Partner (139 600) foram os modelos mais produzidos. Seguiram-se, em volume, o Citroën C4 Cactus (81 200), Citroën Grand C4 Picasso (58 100), Citroën C4 Picasso (57 300), Citroën C-Elysée (39 700) e Peugeot 301 (28 100).

Constituído em fevereiro de 2015 e integrando um total de 8 100 trabalhadores, o conjunto do Polo Industrial Ibérico destinou, no presente ano, 89% da sua produção à exportação, fazendo-o a partir dos seus países de implantação (Portugal e Espanha).

O Centro de Produção de Mangualde produziu em 2016 um total de 49.700 veículos dos modelos Peugeot Partner e Citroën Berlingo, no que representa um aumento de 6,5% face à produção do ano passado.

Ao longo de 2016, as fábricas do Polo Industrial Ibérico desenvolveram projetos e soluções com vista à contínua melhoria da sua competitividade, de modo a colocarem-se ao melhor nível à escala mundial, de acordo com o estabelecido no projeto «Fábrica Excelente» do Grupo PSA. Assegurar a autonomia de operação dos centros, reduzir as superfícies das instalações e otimizar a cadeia de valor têm sido as principais linhas de trabalho.

Frédéric Puech, Diretor do Polo Industrial Ibérico, referiu: «As fábricas